Djvan

De regresso a Portugal em 2024.

Djavan Caetano Viana fez-se simplesmente Djavan para o mundo da música. O músico, nascido em Maceió, Alagoas, em 27 de janeiro de 1949, é um dos grandes artistas do Brasil (e do mundo) e um dos principais representantes da MPB. 

A paixão pela música começou cedo e aos 16 anos já se apresentava em bares e casas noturnas da sua cidade natal. Em 1973 mudou-se para o Rio de Janeiro em busca de oportunidades no meio artístico e, desde aí, nunca mais parou. Djavan é reconhecido pela crítica desde o primeiro disco “A Voz, o Violão, a Música de Djavan” editado em 1976, graças à sua originalidade e à diversidade que sempre habitou as suas canções, com influências que vão da pop ao jazz, da música africana à música latina. Temas como “Flor de Lis”, “Oceano”, “Se”, “Eu Te Devoro”, “Lilás” ou “Samurai” ficarão para sempre na história da música brasileira como clássicos incontestáveis. 

Com mais de 20 discos ao longo de uma carreira brilhante, o músico também coleciona vários prémios no currículo, incluindo um Grammy Latino, e uma extensa lista de colaborações com estrelas nacionais e internacionais: Stevie Wonder, Caetano Veloso e Maria Bethânia são apenas alguns exemplos. Depois do sucesso em 2023, Djavan volta aos palcos em 2024 com a tour “D”. Homónimo do seu 25º disco de estúdio, lançado em agosto de 2022, este espetáculo traz temas desse mesmo trabalho, como “Num Mundo de Paz” e “Iluminado”, mas também muitos outros sucessos de todas as fases da sua discografia. Embora renove sempre a lista de clássicos de uma tour para a outra, músicas como “Sina” ou “Flor de Lis” têm lugar cativo em todos os concertos. 

O artista reúne mais uma vez um elenco de músicos de luxo para o acompanhar. No palco, além da voz e da guitarra de Djavan, estão também Marcelo Mariano (baixo), Felipe Alves (bateria), João Castilho (guitarra), Paulo Calasans (piano, teclado), Renato Fonseca (teclado), Jessé Sadoc (trompete, flugelhorn) e Marcelo Martins (saxofone, flauta). O cantor aposta ainda na cenografia de Gringo Cardia, na iluminação de Césio Lima e Mari Pitta e no desenho de luz de Serginho Almeida, repetindo parcerias bem-sucedidas realizadas em concertos anteriores. A equipa fica completa com Marina Franco na direção de guarda-roupa e com o estilista convidado Lucas Leão. 

Este espetáculo, que mostra a diversidade do povo brasileiro, promete conquistar o público português, no dia 10 de julho, na próxima edição do Festival Jardins do Marquês – Oeiras Valley, e no dia 12 de julho na Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota no Porto.

COMPRAR BILHETE

 

Relacionado

Últimas Notícias

  • Lana del Rey apresenta "Blue Skies"

    22 Fev. 2024

    Ler Mais
  • Luther's vão ser reeditados

    22 Fev. 2024

    Ler Mais
  • Branko convida Jay Prince para o novo "Slide"

    09 Fev. 2024

    Ler Mais
  • Andra Day tem música nova "Probably"

    08 Fev. 2024

    Ler Mais
  • Ledisi lança novo single “Perfect Stranger” com Kenny Lattimore

    07 Fev. 2024

    Ler Mais
  • Tyla apresenta "Truth Or Dare"

    06 Fev. 2024

    Ler Mais
  • SZA ganha Grammy com "Snooze" na categoria Melhor Canção de R&B

    05 Fev. 2024

    Ler Mais
  • Usher lança música​ nova ​"Ruin​" com ​Pheelz

    02 Fev. 2024

    Ler Mais

Últimas Rubricas

A Companhia do Chapitô apresenta a sua nova criação colectiva, "AS CRIADAS".

"As Criadas" no Chapitô

Ciclo
  O Cinema Nimas apresenta Jean-Luc Godard

Ciclo "For Ever Godard" - Cinema Medeia Nimas

Shaila Prospere Live Like That (Club Mix)
Tem já uma história bonita para contar, à qual junta agora um novo capítulo. 

Shaila Prospere Live Like That (Club Mix)

MT Jones Made Up Your Mind
As relações amorosas continuam a ser o foco de MT Jones, e a nova Made Up Your Mind só lhe dá

MT Jones Made Up Your Mind

MT Jones Made Up Your Mind
As relações amorosas são o foco de MT Jones, e a nova só lhe dá razão para continuar.

MT Jones Made Up Your Mind

MARGINAL

A MÚSICA MAIS PERTO DO MAR