Super Bock Super Rock muda-se para o Parque das Nações

A 26ª edição do Super Bock Super Rock mudou-se para o Altice Arena, no Parque das Nações, em Lisboa, nas mesmas datas, 14, 15 e 16 de julho, mantendo-se o cartaz previsto para o Meco.

Esta mudança resulta do estado de contingência decretado pelo Governo, pelo elevado risco de incêndios, e a consequente proibição de realização de quaisquer atividades em zona florestal.

Apesar de todos os esforços para encontrar soluções de mitigação do risco, de modo a viabilizar a realização do Festival no Meco, esta localização não foi autorizada. Tendo em conta este contexto, a segurança de pessoas e bens, e o cumprimento rigoroso das indicações das autoridades competentes, a organização vê-se obrigada à única solução possível a dois dias da 26ª edição: mudar o local do Festival para o Parque das Nações.

Trata-se de um local onde já se realizaram várias edições do Super Bock Super Rock e a organização tudo está a fazer para, em tempo recorde, proporcionar a melhor experiência ao público e este possa assistir à atuação dos seus artistas preferidos.

Os bilhetes adquiridos serão válidos para a nova localização sem necessidade de troca ou emissão de novo bilhete. O warm-up previsto para o dia 13, nestas circunstâncias, não se poderá realizar. Para os portadores de passe para os 3 dias do Festival que iriam acampar no Meco, a organização está a preparar campismo alternativo em colaboração com a Câmara, no Parque Tejo / Caminho das Andorinhas. Todos os detalhes serão dados logo que possível.

Depois de 2 anos sem poder dar ao público o que melhor sabemos fazer, esperamos agora a compreensão de todos, certos de que, juntamente com todos os nossos parceiros, artistas, equipas técnicas e público, esta será uma edição memorável.

Luís Montez, diretor-geral da Música no Coração, refere que “a opção nunca foi cancelar. Fomos obrigados a relocalizar o Super Bock Super Rock e estamos já, em força, com os artistas, as equipas e os parceiros, para montar o Festival no Parque das Nações, onde já existem várias infraestruturas que tornam viável esta localização. É tempo de apoiar a Cultura e os artistas e, por isso, deixo este apelo ao público que venha ao Super Bock Super Rock.”

Nuno Bernardo, administrador de Marketing do Super Bock Group, afirma que esta mudança para o Parque das Nações era “algo que não estava nos planos. Estávamos a trabalhar para o regresso ao Meco, em conjunto com a Música no Coração, mas o atual estado de contingência que se vive no país obrigou-nos a mudar a localização do festival. Enquanto marca responsável, sabemos que a segurança e o bem-estar das pessoas é o mais importante e, portanto, acompanhamos o esforço nacional para minimizar eventuais riscos. Estamos focados em que se vivam momentos autênticos e memoráveis!”

Partilhe

Últimas Notícias

Últimas Rubricas

MARGINAL

A MÚSICA MAIS PERTO DO MAR

CONTACTE-NOS